Deputado Erick Lessa solicita normalização nos serviços do rabecão


A falta de manutenção no veículo utilizado pelo Instituto Médico Legal (IML) de Caruaru para transporte de corpos tem sido motivo de críticas por parte da população. Houve registros de famílias que tiveram parentes assassinados e precisaram encontrar outras alternativas para o translado cadavérico, devido às dificuldades no rabecão, como é conhecido o veículo.


Através de ofício, o deputado estadual Delegado Erick Lessa (Progressistas) se pronunciou sobre o assunto e solicitou à Secretaria de Defesa Social do estado urgência na realização de reparos, ou mesmo a substituição do transporte. Em resposta, o titular da pasta, secretário Antonio de Pádua, comunicou que o problema foi sanado e a “viatura já se encontra em operação”.


De acordo com o deputado, a garantia do serviço é uma questão de dignidade. “A demora para o rabecão atender às vítimas aumenta a dor das famílias e diminui a eficiência dos policiais, que precisam ficar por mais tempo nos locais de crime. Vamos continuar acompanhando a situação”, registrou.

Postar um comentário

0 Comentários