Vereador Jorge Quintino faz balanço de atividades do primeiro mês de mandato

Na última Sessão Virtual do mês, realizada ontem (28), o vereador Jorge Quintino fez um balanço de suas atividades à população de Caruaru.


“Foram 20 requerimentos (que é o limite permitido/mês) na Casa Legislativa, dos quais mais da metade já foram solucionados através de parceria com as secretarias do município.

Indiretamente, solucionamos mais de 30 solicitações da população (questões de acessibilidade, esgoto, iluminação, dentre outros...)”, disse Jorge.


Entre os requerimentos que ainda estão pendentes, de acordo com o vereador por necessitarem de um estudo mais aprofundado pelo Executivo, estão as solicitações de mais praças e parques para a cidade.


“Como vocês já sabem, sempre defendi o aproveitamento dos espaços verdes, que permitem maior sustentabilidade e beneficiam a saúde preventiva e mental para população de nossa cidade. Priorizei visitas aos secretários, a fim de criar um bom relacionamento com todos e fico feliz em dizer obtive êxito nesse objetivo. Mas, além disso, procurei também ter um diálogo com a sociedade civil organizada, membros do CONDEMA e do Conselho de Educação, para ouvir e viabilizar soluções através de nosso mandato”, completou o vereador.


No que se refere à saúde, Jorge Quintino apresentou o Projeto de Lei 8763/2021 ( Dispõe sobre a conscientização da “Fibromialgia” e o reconhecimento da “Semana Roxa”). O vereador  também apresentou o requerimento 423/2021, destinado ao Executivo. Ambos beneficiam os portadores de fibromialgia, uma doença reumatológica, pouco divulgada e de difícil diagnóstico, mas que atinge grande parte da população de nosso município.


“Identifiquei que os portadores da fibromialgia, precisam ter uma melhor acessibilidade à vários lugares, pois são acometidos de uma dor crônica e, o pior de tudo isso, a doença não tem cura. Fizemos também requerimento/apelo à prefeita Raquel Lyra, para que possa ser disponibilizado tanto uma carteira de identificação quanto outros benefícios para esses portadores”, finalizou Jorge Quintino.

Postar um comentário

0 Comentários