AÇÃO CONJUNTA ENTRE COMPESA E POLÍCIAS CIVIL E MILITAR COMBATE O FURTO DE ÁGUA NO AGRESTE DO ESTADO


 Após investigar, mapear e documentar em relatório seis pontos suspeitos de furto de água nos municípios de Lagoa dos Gatos e Cupira, no Agreste, a Compesa, em conjunto com as Polícias Civil e Militar e do Instituto de Criminalística de Pernambuco, realizou hoje (15) a operação “Cajueiro” para combate ao crime de furto de água e que resultou na prisão imediata de duas pessoas. Os delegados Jeová Miguel e Gustavo Garcia conduziram a operação que contou com 60 Policiais, entre Civis e Militares.



Foram cumpridos seis mandatos de busca e apreensão em que foram identificados os responsáveis por desviar 20% da água do Sistema Adutor do Cajueiro. Entre eles residências, um conjunto habitacional com aproximadamente 150 imóveis e empresariais, como parques aquáticos e esportivos. O Sistema Adutor do Cajueiro é responsável pelo abastecimento dos municípios de Belém de Maria, Lagoa dos Gatos e Cupira e as ligações clandestinas desviaram o equivalente ao abastecimento de cerca de 1.508 residências, aproximadamente 5.280 pessoas.


“A equipe da Compesa que acompanhou a operação retirou a tubulação que estava sendo usada irregularmente (cerca de 1 km), assim como os responsáveis foram identificados e conduzidos pela polícia, que adotará as medidas cabíveis. Como resultado da operação, já observamos um aumento de 10% na vazão de distribuição nos municípios afetados pela ação criminosa. Foi realizado também o trabalho de orientação, catalogação e documentação dos moradores para que possam legalizar sua situação junto à Compesa”, explica gerente de Unidade de Negócios, Tiago Grassi.

Postar um comentário

0 Comentários