Justiça determina uso de tornozeleira eletrônica para deputada Flordelins

Nessa sexta-feira (18), o ministério público do Rio de Janeiro, determinou o monitoramento por tornozeleira eletrônica da deputada Flordelins. Ela é acusada de ser mandante do crime do esposo pastor Anderson do Carmo, ele foi morto com vários disparos de arma de fogo na garage onde morava. 

O ministério público ainda avalia a possibilidade de um afastamento das funções públicas da deputada, mas inicialmente foi negada a decisão haja vista os crimes que pesar sobre as acusações não tem relações com as funções desempenhadas. 


Do:Blog do kalebe Pereira. 



 

Postar um comentário

0 Comentários